Home Caixas anteriores A família Mandible

A família Mandible, de Lionel Shriver

Caixa de Janeiro/2021

A família Mandible, de Lionel Shriver

Caixa de Janeiro/2021

R$ 64,90

Livro em capa dura, revista intrínsecos, marcador, cartão-postal, calendário de 2021, planner mensal, carta do futuro e carta comemorativa.

2029. Uma guerra fria de escala mundial reestrutura a ordem socioeconômica do planeta, criando novos eixos de poder. A União Europeia se desfaz, a China enfim é alçada ao posto de maior potência global e o longo período de prosperidade dos Estados Unidos chega ao fim. Da noite para o dia, o dólar despenca e, além do valor, perde também seu prestígio: uma nova moeda internacional, o bancor, chega para substituí-lo.

Florence Mandible sofre as consequências desse cenário como uma típica moradora de classe média do Brooklyn. Uma cabeça de repolho custa 20 dólares, o racionamento de água tornou-se padrão e o ritual matinal não inclui mais café – a mudança climática arruinou as safras – nem o The New York Times, que, junto com todos os jornais, deixou de existir. Caucasiana em uma América onde os latinos se tornaram o grupo étnico dominante, Florence é lembrada da própria desgraça sempre que uma voz robótica ao telefone instrui: “pressione um para espanhol e dois para inglês”.

Seu principal desafio, no entanto, tem a ver com a longevidade do patriarca Douglas Mandible que, aos 97 anos, segue jogando tênis e retendo uma fortuna que poderia salvar toda a família das degradantes condições impostas por uma economia arruinada. Sem escolha a não ser acolher sob seu teto uma tia expatriada e a família da irmã mais nova, Florence logo se torna responsável pela administração de um ecossistema familiar muito frágil, agora suscetível às mais dramáticas pulsões da natureza humana – furto, alcoolismo, abandono de incapazes, etc.

Em A família Mandible: 2029 – 2047, Shriver narra os percalços desse típico clã norte-americano moderno e, como a guia experiente de um safári humano, conduz o leitor por detalhes muito íntimos da psique de seus personagens. Ambientada em um futuro que já se vê dobrando a esquina, a saga dos Mandible é o retrato de um apocalipse menos catastrófico, mas igualmente perturbador: a completa ruína financeira.